22º Sorteio Devolução de Valores Unimed

Relação de sorteados:

1. Santilha Vieira Gaspar (210)
Valor Nominal: R$991,14
Valor Corrigido: R$1.412,92

2. Debora C. de Arruda (255)
Valor Nominal: R$278,26
Valor Corrigido: R$394,86

3. Ana Maria Marquezine Alvarenga (06)
Valor Nominal: R$1.958,88
Valor Corrigido: R$2.779,69

4. Regina Lucia Silvestrini (191)
Valor Nominal: R$504,00
Valor Corrigido: R$715,19

 

Atenciosamente,

Leia mais...

Ref.: Problemas na implantação da nova plataforma de boletos da Febraban

Tendo em vista os transtornos gerados, nos últimos meses, vale a pena frisar que o problema é nacional e afeta todos os bancos e deve normalizar segundo previsões, a partir de setembro deste ano.

A FEBRABAN está liderando uma grande mudança na plataforma de boletos no Brasil e isso vem causando diversos transtornos, incluindo impossibilidade de pagamento. Dentre os problemas se destacam 3:

1. Boletos não puderam ser pagos pois o banco emissor não enviou a informação para CIP.

2. Boletos que não puderam ser pagos pois o banco no qual ia ser pago não conseguiram acessar a informação na CIP.

3. Informações de desconto não estão sendo enviadas para CIP.

O problema é que esta mudança em um sistema com alto volume de operações (maior que o número de cartões de crédito e débito juntos) é bem crítica.

Se qualquer uma das partes falhar, o pagamento vai ser recusado. Cronograma de implantação:

> A partir de 24 de março/2018 – R$ 800,00 ou mais;
> A partir de 26 de maio/2018 – R$ 400,00 ou mais;
> A partir de 21 de julho/2018 – R$ 0,01 ou mais;
> Em 22 de setembro/2018 – processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros.

Disponível em: https://blog.superlogica.com/…/problemas-nova-plataforma-d…/

Atenciosamente,

A Diretoria

Leia mais...

Nota de repúdio contra tratamento diferenciado e discriminatório da reitoria da UEM

Não é segredo para ninguém os efeitos da paralisação do setor de transportes, com o consequente desabastecimento de combustíveis, afetando toda a população brasileira, inclusive os agentes universitários, docentes e alunos da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Assim, por meio do Ato Executivo nº 034/2018-GRE, de 25 de maio de 2018, a Reitoria da UEM suspendeu as atividades didático-pedagógicas, até que a situação se normalize.

Ocorre, que agentes universitários e docentes estão na mesma situação dos alunos, razão pela qual a AFUEM, o SINTEEMAR e o Conselho de Administração da UEM (CAD), solicitaram ao Reitor, a suspensão também das atividades administrativas.

Porém, contrariando o bom senso, que é quando alguém utiliza de argumentações e atitudes racionais para poder fazer julgamentos e escolhas assertivas, de acordo com os padrões morais de uma sociedade, a Reitoria da UEM disse não às entidades e ao Conselho de Administração (CAD).

Quando questionada, a Reitoria argumentou que a situação dos alunos é diferente da situação de agentes universitários e docentes, em flagrante ato discriminatório. Diferentemente da Reitoria da UEM, demonstrando civismo e respeito aos alunos, agentes universitários e docentes, as Universidades Estaduais de Londrina (UEL), do Norte do Paraná (UENP) e do Paraná (UNESPAR), suspenderam as atividades didático-pedagógicas e administrativas. Quando tem a oportunidade de exercer a autonomia universitária, tão apregoada nessa gestão e inclusive ratificada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a Reitoria arrega, alegando que a governadora não decretou a suspensão das atividades administrativas.

REPUDIAMOS a postura insossa e autoritária da Reitoria UEM diante dos fatos e das solicitações. Entendemos que isso apenas reforça e alimenta o clima de cisão entre as categorias constituintes da universidade.

REPUDIAMOS a falta de diálogo da Reitoria da UEM, gerando um ambiente de descontentamento, insegurança e instabilidade na comunidade universitária.

 

Associação dos Funcionários da Universidade Estadual de Maringá (AFUEM)

Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Maringá (SINTEEMAR)

Leia mais...

Deliberação em Assembleia

Leia mais...

Assembleia Geral Extraordinária

O Presidente da Associação dos Funcionários da Universidade Estadual de Maringa, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, convoca os SERVIDORES ASSOCIADOS, para participarem da Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 21 de maio de 2018, no Auditório do trabalhador, sede do Sinteemar, com a primeira chamada às 08h00 com 1/5 dos filiados e em segunda chamada às 08h30 com metade destes, e em terceira chamada às 09h00, com qualquer número de participantes associados.

PAUTA: INADIMPLÊNCIA GERAL

 

Maringá, 16 de maio de 2018.
Sidinei Silvério da Silva
Presidente da AFUEM

Leia mais...